23 abril, 2012

Mário Soares, 25 de Abril sem ele

image Este ano os discursadores das cerimónias do 25 de Abril na Assembleia da República, podem fazê-lo mais alto e tudo porque o Dr. Mário Soares Já anunciou urbi et orbi e com uma antecedência que é de enaltecer que este ano não irá estar presente nas comemorações.

Assim sendo, podem fazê-lo uns decibéis acima sem risco de interromper a soneca que o ex-Presidente costumava bater na galeria presidencial.

16 comentários:

Paulo Pinto disse...

Senil. Desde que apelou ao voto no filho em dia de eleições que deixei de prestar atenção ao que ele diz. Poupa-se em multas.

Anónimo disse...

Não sei se é da idade, mas tem memória curta. Não se lembra ele de quando em Portugal inteiro se desfraldavam bandeiras negras da fome, contra o seu governo. Nem se lembra quando na Marinha Grande em protesto pelo que tinha sido o seu governo lhe espetaram nas bochechas uns murros.Agora com os pés para a cova,Deus lhe dê muitos anos de vida, quer se limpar com a mão esquerda com a atitude mais populista que há memória de um politico. E logo por solidariedade com outro bochechas o cretino do Vasco Lourenço que se julga o dono do 25 de Abril e pensa ele que os governos deviam ter a sua tutoria. Afinal que governo lhe serve? Sempre disse mal de todos.

Anónimo disse...

Não faz falta nenhuma!

Anónimo disse...

Ainda bem que há alguém que tem coragem para fazer algo!

A paciência começa a esgotar-se!

O levantamento contra estes poderosos armados em finos pode ser mais ou menos lento, mas vai acontecer!

Anónimo disse...

Portou-se como um menino birrento armando um berreiro só porque não fazem o que ele quer. Se como o outro menino fosse o dono da bola, acabava com o jogo, fazendo outra democracia. E dizem que é um dos pais dela. Arranjem-me um padrasto novo.

Zeca Diabo disse...

Quando isto foi "uma grande festa" como lhe chamou a ex-ministra da educação, nunca se lhe ouviu um pio que fosse. Estas farras não foram a principal causa do que nos está a acontecer, não, mas ajudaram a aumenar o preço da factura que estamos a pagar. Está descontente, quem não está? Só um maluco. Quer levar a coisa mais longe, retorne de novo ao exilio dourado de Paris e junte-se ao outro festeiro que por lá vagueia.

Anónimo disse...

Vais ficar órfão...!

Não tens perfil para que alguém te adopte!!!!!!!

Anónimo disse...

Um dos feriados a eliminar. 25 de Abril sempre. A trabalhar já.

Anónimo disse...

Deves ser muito trabalhador! Deves, deves!

Saquear tudo!

Roubar a quem tem!

Anónimo disse...

O 25 de Abril não é propriedade de ninguém. É verdade que isto está muito mal, que os politicos merecem-nos pouco respeito, mas não é com atitudes como esta que se resolvem os problemas. Por mim, militares, todos, para o quartel e já. Onde estavam eles enquanto nos foram levando pora este pantano? Só reagiram quando lhe tocaram na mama. Basta. Desta gente também estamos fartos. Viva o 25 de Abril, do trabalho, da honradez, da dignidade, que é pertença de todos e não só de alguns "iluminados".

Anónimo disse...

o 25 de Abril já nada representa e nada diz a esta gente com 30 anos.
O melhor é ficar nos livros da história tal e qual a revolução liberal e outros que tal...

Anónimo disse...

Quanto ao 25 de Abril,não haverá muito a dizer.umas duzias de capitães que queriam subir na vida com pouco esforço,pegaram nas armas e disseram «Em nome da democracia e liberdade ou nos apoiom ou levam uma rajada» e,democraticamente á força das armas foi implantado um regime á medida dos chico-espertos.Quanto aos capitães,se auto promoveram a generais e por aí acima.de notar que nenhum soldado foi promovido.Foram soltos os criminosos.Agora as prisões estão muito mais que lutadas,mas os grandes criminosos andam á solta.

Anónimo disse...

Maso que vamos festejar no 25?.O emprego qur queriamos ter?,o subsídio de reenserção que nos vem ter a casa?,o fundo de desemprego que está a terminar?.Eu por mim,estou a ver se descubro algum motivo.Por muito que me esforce,não encontro nada que tenha melhorado,pelo contrário.

Paulo Pinto disse...

Pelo que tenho visto, a malta que se queixa de estar a perder os "direitos conquistados no 25 de Abril" só está a falar em dinheiros e subsídios. Parece que a revolução só serviu para isto.

Anónimo disse...

Se fossemos vêr,quase toda aquela gente que desfila a festejar o 25 está desempregada,e sem esperança de arranjar emprego,contudo estão felizes porque são livres.Eu pergunto,livres de quê?.houve muitas conquistas.Não consigo descurtinar uma que tenha beneficiado os trabalhadores.

Anónimo disse...

Sr. PP.Para que serviu a revolução?,ou melhor dizendo para quem serviu a dita?.