27 maio, 2012

@PS

imageAs eleições internas do PS, como não podia deixar de ser, estão também nas novas ferramentas comunicacionais!

As duas listas, António Cardoso e Margarida Gariso, estão no Facebook

10 comentários:

Anónimo disse...

A canibalização do PS Feira.

Na minha opinião modesta parece o PS já está no caminho de perder as eleições. Na memória dos Feirenses vai só ficar: eles não se entendem. Eles não são capaz. Eu não vou votar neles.

A percepção do eleitorado nem sempre se concentra obrigatoriamente em questões de fundo, mas sobre as qualidades pessoais dos candidatos em criar confiança nele: a confiança de resolver os desafios do município.

MS disse...

Caro anónimo (2:49PM)
Na minha modesta opinião... a sua mensagem abraça um conceito errado, nada democrático e de visão estreita!
A discórdia, o debate e as lutas internas só enriquecem um partido. É através do debate, da luta por melhores Ideias e Ideais, um caminho que permite a que todos se superem.

Sobre eleições autárquicas ... Poderá ser verdade o que afirma, porém, possivelmente, isso só acontecerá se os militantes não abraçarem um projeto já em criação. Já está criado, já está pensado e está aberto a todas as iniciativas de enriquecer esse projeto.
A lista B, com o projeto5000, foi a última lista a ser criada e entretanto é a única com a apresentação concreta e delineada de um projeto para os militantes do PS e para o concelho de Santa Maria da Feira. Só este pormenor permite entender a forma e a estratégia desse grupo de trabalho! Votarei, sem hesitar, na LISTA B

Anónimo disse...

Caro MS,

a realidade e a percepção desta são duas coisas diferentes. Sinceramente, eu gostava ver uma mudança para o melhor nestes tempos difíceis. Para isto precisa-se concentrar nas coisas importantes. Importante é resolver os problemas dos Feirenses e construir um melhor futuro para todos.

O que acontece no balneário devia ficar no balneário. As lutas internas deviam ser internas.

Anónimo disse...

As lutas internas, como o anónimo anterior refere, não são lutas: são divulgações de projetos, ideais. E se o PS Feira quer trabalhar não só para os militantes mas para a sociedade em geral, deve mostrar e apresentar, debater as suas candidaturas.
O debate enriquece a democracia!
E o Projeto 5000 baseia-se nesta abertura à sociedade. Os partidos têm de deixar de ser fechados e virados para si.
Sexta-Feira, dia 1, Vota lista B pela mudança positiva!!

Anónimo disse...

eu não percebo nada disto mas por estes lados sempre me ensinaram que:
De quem se esconde deve-se ter receio, quem nada tem a esconder nada teme.

Eleições são eleições, não é o crime do padre Amaro.

Andar às escondidinhas é qd se é criança ou quando se tem vergonha!

A política é do povo, pertence ao povo e representa o povo. Quem a quizer esconder, fora dela pois não faz falta alguma!

Anónimo disse...

O post do anonimo 5/29/2012 5:45 PM é muito interessante.

O Sr. tem cortinas nas suas janelas? Na Holanda não se usa cortinas mas aqui em Portugal sim.

O que quero dizer: os portugueses não estão habituados a este estilo de política (mais transparente) e podem o mal interpretar.

Anónimo disse...

Na Holanda não se usa nem na Dinamarca e em outros Países Nórdicos,isso deves-se á falta da luz do sol que existe para a aquelas bandas!
Por cá temos de a procurar também...

Paulo Pinto disse...

Qual das listas é que dá terrenos a 1 euro?

Anónimo disse...

...falaram em Holanda,lá aparece o laranjinha mecânica..

Asc_R disse...

Não sei se queria que alguma dos dois perdesse... Bom, é que na verdade são os dois, no meu ponto de vista, tão fraquinhos que só mesmo a vitória dos dois é que poderia dar alguma força ao PS. Isto, porque isoladamente não chego a saber qual ė o mais fraco dos dois.