14 dezembro, 2012

estes putos pensam que andam a fazer um concurso a ver quem é o mais neoliberal

16 comentários:

Anónimo disse...

Pela aragem já se vê o que por aí vem na carruagem. São mais uns quantos "badamecos" habituados a plantar bandeirinhas e a candidatarem-se ao poiso. É or estas e por outras mais que Portugal está entregue a estes meninos de coro que nunca trabalharam na vida e que agora através de esquemas montados por sabichões nos vão (des)governando e se vão governando. Atente-se num conceituado deputado laranja que recentemente adquiriu um palacete por grossa maquia, pergunto eu, que sou ignorante, como?

Paulo Pinto disse...

O que é um neoliberal?

Anónimo disse...

é um liberal mais liberal que os liberais.

Paulo Pinto disse...

Quais liberais?

Anónimo disse...

Um neoliberal é uma pessoa que pensa que vive sozinho no mundo ... V. Exa. devia ler Hobbes e deixar palhaçadas.

Paulo Pinto disse...

Hobbes... Portanto devemo-nos submeter a um poder central que decide o que é melhor para todos nós ainda melhor do que nós próprios, que isso de cada um decidir a sua vida é coisa de "neo"liberais. É isso?

Anónimo disse...

A sociedade não existe por bondade. Ela existe porque é vantajosa. Sem sociedade (para ver Hobbes, Buchanan, Rawls) a argumentação de Hayek não têm fundamento. Não há a possibilidade de decidir nós próprios. Não há oportunidades de criar situações win-win. A vida torna-se "solitary, poor, nasty, brutish, and short."

Anónimo disse...

um neoliberal é aquele que consegue sobreviver ao fim do mundo que vai acabar em 21.12.12, estes 5 já editaram em dezembro de 2013,

Anónimo disse...

Poder centralizado é quando o poder esta vedado a 2 ou 3 bancos e uma dúzia de bilionários. Ou quando 1 % decide por 99%. É o resultado do neoliberalismo.
o Poder central no Estado dá ao eleitores a garantia de soberania e o poder de decisão.
Pelo equilíbrio comum e não pelo poder concentrado.

Paulo Pinto disse...

Poder centralizado é o oposto ao liberalismo. Poder de bancos é o oposto ao liberalismo. Dinheiro de impostos a ajudar bancos a não falir é o oposto do liberalismo.
Essa é a conversa da escola de doutrina cubana e norte coreana...

Anónimo disse...

O Sr. Pinto está simplesmente construir um mundo que não existe ...
Ainda acredita na "invisible hand" de Adam Smith, como acredita no Pai Natal (na versão da Coca Cola).

Paulo Pinto disse...

Eu estou é farto do mundo que existe e da gente que quer que tudo seja diferente desde que... não mude nada.

Anónimo disse...

Até pode ser a mesma conversa dos cubanos , mas é o que eu penso..
Não sei se sou comunista socialista ou outra coisa qqr , mas que estou farto dessa conversa que apenas ajuda meia duzia deles , estou farto sim.
o Sr Paulo Pinto deve gostar de cingir-se a caricaturar os outros... Faça um acto de consciência do que defende do sistema que nos levou à este estado. E não me venha com a conversa para jotinhas que o problema foi o socrates.. Foi o socrates e todos os outros que lhe antecederam e seguiram. Que eu saiba não tivemos cubanos por cá.
PS PSD é a mesma m.... Um cria a desculpa do outro. Sempre em favor de meia dúzia deles.
Gostaria que este governo entrasse numa guerra só para ber quem eram realmente os que os defende. Quem dessa escumalha de jotinha fosse dar o corpo ao manifesto. Alguns JOtas com quem falo nem sabem , nem se interessam das decisões do seu próprio partido. Quase que me dizem que a politica, é uma seca. Mas estão lá.

Paulo Pinto disse...

Não fiz qualquer referência a partidos por isso grande parte desse discurso não passa de delírio.
E relação às jotas, e do que eu conheço, vejo-as (todas) a organizar recolhas de alimentos, torneios desportivos para jovens, conferências e debates de temas da atualidade, apoio à criação de movimentos sociais, ajuda aos mais necessitados...
Quando é que foi a última vez que o "anónimo" já fez alguma destas coisas?

Paulo Pinto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Pinto disse...

Mas já agora, como sabe certamente, até hoje nunca tivemos governantes liberais neste país logo a situação que vivemos hoje não é culpa dos liberais (nem dos neo). Se está farto do que teve até agora, nas próximas eleições vote na proposta mais liberal que for a eleições. Experimente.Garanto-lhe que não terá mais do mesmo. Terá algo que nunca teve.